Ash Ra Tempel: Live Cologne, 28th February 1973 (Compilated by micose.) [FLAC]






PORTUGUÊS:
No fim dos anos 90, Manuel Göttsching lançou uma série de gravações ao vivo e de estúdio que nunca tinham sido lançadas antes em uma série entitulada "The Private Tapes", que consistia em seis volumes separados. Mas como se tratava de uma prensagem feita pelo próprio Göttsching, poucas cópias foram produzidas e a série rapidamente se tornou relíquia entre colecionadores.

Nos volumes 4 e 5, haviam duas faixas do último show do Ash Ra Tempel feito com a formação original na cidade de Colônia, na Alemanha, em 28 de fevereiro de 1973. Daí eu resolvi colocá-las em um álbum único para compartilhar com vocês, apesar de NÃO se tratar de um bootleg.

Além de Göttsching, os outros integrantes eram Hartmut Enke e Klaus Schulze, que já estava seguindo carreira solo. E as duas faixas tocadas são longas improvisações no melhor do que você pode ouvir de space e krautrock.

ENGLISH:
On the late 90s, Manuel Göttsching released a series of previously unheard live and studio recordings entitled "The Private Tapes", which consisted in six separated volumes. However, as it was a private pressing, a few copies were produced and the series quickly became collector's pieces.

On volumes 4 and 5, there were two tracks of Ash Ra Tempel's last concert with the original line-up played in Cologne, Germany, on February 28th 1973. Then I decided to organize them into one album to share with you, in despite of NOT being a bootleg.

Besides Göttsching, the other members were Hartmut Enke and Klaus Schulze, who by then was already on a solo career. And the two tracks played are long improvisations which fit into the best you can hear of space and krautrock.




Tracklist:
01 Dédié à Hartmut (39:59)
02 Ooze Away (28:00)

Line-up:
Manuel Göttsching - guitar
Hartmut Enke - bass
Klaus Schulze - drums

Recorded live in Cologne, Germany, February 28th, 1973.



DOWNLOAD

Password: bordeldorock.blogspot.com

Comentários

  1. Ash Ra Tempel é realmente sensacional. Parabéns pelo post. Sabe se tem alguma versão ao vivo da Amboss?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velho, os shows do Ash Ra Tempel eram feitos mais ou menos da mesma maneira que os do Tangerine Dream no início. Eram improvisações feitas a partir das músicas dos álbuns deles, daí você pode ouvir nessa e em outras gravações improvisações com partes parecidas com Amboss.

      Excluir

Postar um comentário