Quella Vecchia Locanda: Il Tempo Della Gioia (1974) {2003 Japanese Remaster} [FLAC]





• PORTUGUÊS:
Aê putada,

Hoje eu venho com mais do Quella Vecchia Locanda, que por sinal é infelizmente o segundo e último álbum deles. Esse é tão bom quanto o anterior, mantendo uma virtuose fora-de-série e uma musicalidade de alto nível. Sem dúvida um dos melhores grupos progressivos italianos dos anos 70, ainda que não tenha atingido o mesmo nível de reconhecimento ao menos semelhante de bandas como Le Orme, Banco Del Mutuo Soccorso e Premiata Forneria Marconi.

Há muita coisa boa no prog italiano, vou tentar procurar mais coisas dessas bandas pra postar aqui, assim como daquelas bandas inglesas obscuras e holandesas. Enquanto isso, curtam essa obra-prima.


• ENGLISH:
Hello freaks,

Today I come up with more from Quella Vecchia Locanda, which is sadly their second and last album. This is as good as the previous one, keeping an unique virtuosis and a high-level musicianship. Undoubtely one of the best 70s prog Italian bands, even though they've never been as acclaimed and famous as bands like Le Orme, Banco Del Mutuo Soccorso and Premiata Forneria Marconi.

There certainly are bunchs of nice stuff of Italian prog. I'll try to look more for these bands to post here, as well as those Dutch and obscure English bands. Meanwhile, enjoy this masterpiece.



• Tracklist:
01 Villa Doria Pamphili (5:27)
02 A Forma Di (4:07)
03 Il Tempo Della Gioia (6:15)
04 Un Giorno, Un Amico (9:39)
05 È Accaduto Una Notte (8:16)

• Line-up:
Claudio Gilice - violin
Giorgio Giorgi - vocals, flute, piccolo
Massima Giorgi - bass, contrabass, vocals
Massimo Roselli - vocals, keyboards
Patrick Fraina - vocals, drums
Raimondo Cocco - vocals, clarinet, guitar


Download:

http://minhateca.com.br/nelwizard/Quella+Vecchia+Locanda+-+Il+Tempo+Della+Gioia,460461167.rar(archive)

Comentários

  1. Como eu disse no post anterior,até que enfim nessa bagaça saiu o prog italiano tirando o Goblin que mais trilha sonora filme.Que venham mais.Uma sugestão.Le orme,PFM,Banco del Mutuo Soccorso,Il reverso della medaglia....

    ResponderExcluir
  2. Without a doubt,first record of this formation belongs be considered to the canon of the Italian rock.
    Two years after his excellent debut QVL appeared again in the studio to record their next material. The expectations of audiences and critics were huge, but everyone knew that the crossbar was suspended very high ... It is not often that the team remained at such a high level for three years. The more that gone almost trademark group - an excellent violinist Donald Lax. Engaged new - Claudio Gilice. Playing less classical, more romantic, but equally great. There are new instruments - double bass, piccolo and clarinet. Some critics sensed disaster. Podgrzewały atmosphere leaks from the publisher camp - appeared on samples of a choir. Finally it happened! CD saw the light of day. Criticism ,speechless. The crowd went wild! This CD is probably better than the debut! Music is a bit calmer, which seems to mature, the flute is also more subdued by what jethrotullowski longer, feel more loose ... Music has become even more space. The second album from Quella Vecchia Loccanda bears a certain resemblance to Baroque music is largely acoustic with piano and violin at the forefront; more romantic almost everybody sings; the melodies are strong; and the band don't fear making sharp turns when they feel they need to. The band can play with subtlety, strength and energy
    It is a pity that the group shortly after recording the second album has ceased to exist (disagreements with the label).
    In summary, you can only say that, as with most Italian plate, this also is relatively short and light leaves unsatisfied. On the other hand, are up to 33 minutes of great music. A small length. album... compensates for its beauty and diversity.
    Though many consider it a classic of Italian prog, I would not suggest it to others as a priority, for lovers of Italian prog - absolutely obligatory.
    micose,Thanks for this Japanese remaster!

    ResponderExcluir
  3. Paulo, como eu já tinha dito no post, pode deixar que eu vou segurar os chucrutes por algum tempo pra largar alguns pepperonis por aqui. lol

    adamus, this album is absolutely essencial indeed. I really appreciate your comments - if not better, your whole review about the album! I'll try to do the best I can to keep these jewels coming up for everybody.

    ResponderExcluir
  4. Rogério M. Schirach27 de outubro de 2011 23:45

    Malucão teu blog, cara! Fora do comum! Nos outros é tudo bem formalzinho, gostei até da abertura antes das resenhas das bandas "Ae putada!" Rock é isso, sem frescura! Só neste blog achei o Locanda, pelo que agradeço. Sou muito fã dos progressivos, especialmente dos italianos e alemães, apesar que curto tudo! E disponibilizar em FLAC, então, é NOTA DEZ! Parabéns, e me permitam visita-los todos os dias!
    MrRockeveryday

    ResponderExcluir
  5. Rogério
    Aqui nesta porra, não existem leis, e é uma zona mesmo
    Agora estou falando pouco palavrão, quase não mando ninguem à merda, não digo que o disco é bom para caralho, que voce devia ouvir um quarto fechado, luzes apagadas, bem acompanhado de algo que faça fumaça,etc, ou que devia ouvir no ultimo volume para acabar com aqueles churrascos feitos na laje, com o vizinho escutando axé,pagode e outras merdas, com aquelas putas bêbadas dançando lá em cima quase que peladas, mostrando as estrias,barriga,peitos caindo no joelho,etc
    Estes churrascos são deprimentes, mas enfim, os caras devem ter um QI de ameba
    Aqui, tem que ser descontraido,pois voce não gostaria de ler que tal disco é o supra-sumo enviado pelos deuses do rock, uma obra que deveria ser exibida no museu do Louvre em Paris,bla,bla,bla
    Isso era coisa de Ezequiel Neves (aquele viado que odiava o Black Sabbath e eu por tabela), que mandei ele muitas vezes a pqp na Galeria do Rock, e mandava ele ir dar o Cú para o Cazuza (os dois eram namorados, que lindo...sifuderam, os dois foram)
    Cú foi feito para cagar e não para dar
    Gostou agora to tipo de cometário que eu normalmente fazia, e hoje estou mais restrito por falta de tempo para bolar a porra da matéria
    Volte sempre, aqui no puteiro pode fazer fiado (a xupetinha é R$ 3,00+um vale coxinha e uma dose de cachaça daquelas que vendem em galão de querosene
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Uma dúvida:


    Quando eu converto o arquivo FLAC para mp3, este último aparece de forma única, ou seja, sem estar as faixas estarem divididas cada qual em seu arquivo (no caso as 5)?

    Como proceder?

    (eu utilizo o db PowerAMP Music Converter 14.2)

    Abraços!

    Parabéns pelo blog.

    PAZ!
    AMOR!
    ALEGRIA!
    e ferro nessa PUTA VÉIA!

    Purple Man from Brasil (jcsf@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  7. Pra dividir as faixas, use o Medieval CUE Splitter, aí depois você converte pra mp3.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário