Mortalha





Justa Homenagem Ao Black Sabbath Brasileiro

Ai putada, demorei mas voltei....

Como todo jovem da época eu ia aos bailinhos,e as casas de “bailinhos” eram regados à musicas de Bee Gees, Bread e principamente no Rock&Roll com Black Sabbath, Alice Cooper, Deep Purple, etc. Não existiam coisas como breganejo, pagode, disco dance e outras tranqueiras que viriam nos próximos anos.

Em uma dessas casas no bairro do Rudge Ramos (São Bernardo do Campo-SP), Putanova estava lá com amigos, e vimos na programação da casa que teria show ao vivo com uma banda chamada Mortalha. Não a conhecia, mas na minha opinião deveria ser mais uma bandinha bunda.


Mas quando começou o show com a inesquecível “O que aconteceu” , o ambiente todo se transformou, e eu pensei, “Caralho, essa banda é muito boa”, e como fanático torcedor do Black Sabbath, foi amor à primeira vista.

Nossos caminhos se separaram, até que em 1976 na concha acústica da Estação São Bento do Metrô, eles tocaram, agora com o nome de Shock. Novamente fiquei louco, conversei com o baixista (Orlando) e fui frequentando os shows, e acabei amigo da Banda

Logo após comecei a ser o manager da banda, e abrimos juntos uma casa de espetáculos em São Caetano do Sul, que fez o maior sucesso, mas logo fomos obrigados a fechar a casa, e nossos caminhos se separaram novamente. Mas eu nunca esqueci aquela banda, até que na internet, achei um cd com gravações antigas. Não tive dúvidas, baixei e remixei dentro do possível pela qualidade de som, e aqui está o resultado.


Mas olhando com mais atenção, notei que esta gravação era conhecida, e finalmente a reconheci como uma das que eu fiz com a banda, ao vivo no local de ensaio , com dois microfones fuleiros, e um tape deck gradiente cd -1666, ou seja, precariamente, mas, hoje eu penso: "Pelo menos eu fiz, bem ou mal, aqui está o único legado gravado desta fantástica banda".

O Orlando, Baixista/Vocalista e Lider da Banda, faleceu em 23 de dezembro de 2003. Eu só fiquei sabendo tambem pela Internet.

Esta é uma justa homenagem deste Blog à aquela que foi uma das maiores bandas brasileiras de todos os tempos, mas nunca reconhecida.

Então, apague as Luzes, coloque crucifixos em todo o local, réstia de alho na porta, tudo para impedir os maus espíritos, e curtam, se deliciem com esta banda insubstituivel.


Link

Comentários

  1. TEM MAIS, EU TB SÓ FIQUEI SABENDO DO ORLANDO ATRAVEZ DO LUCAS DE TREM, ELE PEDIU PRA ADD NO ORKUT E SE NÃO ME ENGANO ELE É FILHO DO ORLANDO, NA ÉPOCA ELE QUERIA MARCAR UM ENCONTRO POISELE QUERIA INF. DO CENARIO DO ROCK NOS ANOS 70 NO ABC, ELE QUERIA ESCREVER UM LIVRO, SÓ QUE ELE NÃO ENTRPU MAIS EM CONTATO !!!!!!!!( SERGIO BATERA SBC)

    ResponderExcluir
  2. CARA, NA ÉPOCA EU TINHA UM POWER TRIO, A PAPOULA, E NÓS TOCAMOS JUNTOS NO ESBEROC(ACHO QUE É ASSIM QUE ESCREVE) EM SÃO CAETANO, NÃO TINHAMOS APARELHAGEM E ENSAIAMOS COM A DELES NA CASA DO ORLANDO, ABRIMOS PRA ELES NESSE SHOW EM SM CAETANO, DEPOISENCONREI COM ELES NO PRIMEIRO FESTIVAL DE AGUAS CLARAS EM IACANGA, OS CARAS TOCAVAM PRA CARALHO, MAS ENSAIAVAM MUITO, MAS MUITO MESMO, VALEU O POST, ABRAÇO!!!!! ESSE É O PRIMEIRO COMENT. NÃO SEI POR QUE INVERTEU A PARADA!!!! (ORKUT-SERGIO BATERA)

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Sérgio, eu estava lá, era sócio do Orlando no Sberoc
    Eram tempos bons, que infelizmente não voltam mais
    Hoje, como disse, se soubesse do futuro, que aquela fita de cromo dioxido TDK ia ser o único documento do Mortalha, teria caprichado mais
    Eles tem uma apresentação feita na TV Bandeirantes que nunca foi ao ar,é uma questão de perguntar na Band se por acaso a fita não está tomando mofo por lá
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentiroso...safado......quem fazia os bailes e os shows de rock no Sberoc era o Luis......

      Excluir
  4. Fiquei de cara com a sonzeira do Mortalha. É realmente uma pena não ter mais material desta grande Banda. Esta apresentação da TV Bandeirantes seria um resgate histórico assim como foi sua gravação. Valeu Putaveia.

    ResponderExcluir
  5. É meu, a gente faz o que pode Cesar
    Vou tentar junto a Bandeirantes, mas não tenho esperanças não
    Um Abraço

    ResponderExcluir
  6. Os que davam o baile no SBEROC eram o Luiz (amigo de infancia), Cicero (meu irmão) e o Sergio. Tive sorte de não ir preso quando a policia baixou por la e levou todo mundo. E não deu para aguentar eles tiverão que fechar. Saudades muita saudades

    ResponderExcluir
  7. Por gentileza, seria possível repostar as músicas? Obrigado!

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Atualmente está dificil pois quase todos os links foram retirados do megauplod
    No futuro eu penso em repostar sim
    Grato

    ResponderExcluir

Postar um comentário